Bolsonaro promete acionar a Justiça contra alto valor dos combustíveis

Durante a sua live semanal, na quinta-feira (12), o...

- 13/05/2022 11h50 | atualizado em 13 de May de 2022 as 11h50

Durante a sua live semanal, na quinta-feira (12), o presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a comentar sobre o alto valor dos combustíveis, que inclusive culminou com a troca no comando do Ministério de Minas e Energia.

Bolsonaro prometeu ir à Justiça para conseguir baixar o valor dos combustíveis no Brasil.

“Está previsto em lei, no caso da Petrobras, que ela tem que ter o seu papel social no tocante ao preço de combustíveis. Ninguém quer que a Petrobras tenha prejuízo ou fazer o que a senhora Dilma [Rousseff, ex-presidente] fez lá atrás, interferindo artificialmente no preço da Petrobras. A gente espera, aqui, redução do preço. Vamos ter que recorrer à Justiça”, afirmou.

Bolsonaro chegou a fazer um apelo, na semana passada, para que a Petrobras não reajustasse o valor dos combustíveis, mas não foi atendido, uma vez que o diesel voltou a subir. O novo aumento ocasionou críticas de Bolsonaro a Petrobras e ao então ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

O presidente da República comentou também a troca do comando no Ministério de Minas e Energia, deixando claro que existia diferença sobre a situação da Petrobras, no que diz respeito ao valor dos combustíveis no Brasil.

“O ministro Bento assinou sua demissão, ele pediu para sair. Agradeço o trabalho do Bento, foi um trabalho excepcional. Fez um trabalho muito bom em várias outras áreas. Mas tínhamos um pequeno problema na Petrobras, e ele resolveu assinar seu pedido de saída do Ministério de Minas e Energia”, finalizou o assunto.

É aguardar e conferir, mas que algo precisa ser feito, isso é inquestionável.

Leave a Reply