Jogo de cena: Antes de Othelino pedir, MP já investigava concurso da Alema

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto...

- 20/06/2022 18h25 | atualizado em 20 de June de 2022 as 18h25

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), se pronunciou na sessão desta terça-feira (15), sobre as suspeitas de fraudes no concurso da Alema. O presidente da Casa legislativa, Othelino, disse que pediu para que o Ministério Público do Maranhão investigue o caso.

“Já pedi formalmente ao Ministério Público que proceda à investigação sobre a suspeita que Vossa Excelência [Yglésio Moyses] levantou. Não hesitarei, em nenhum momento, em tomar as providências legais, quer seja se houve uma fraude de caráter individual, e for provada, excluir aquele que provocou a fraude; se for uma possível fraude sistêmica pode até chegar à anulação do concurso”, declarou Othelino.

O MPMA já está no caso e encaminhou no dia 31 de maio ao presidente da Comissão de Acompanhamento do Concurso da Assembleia Legislativa do Maranhão, Eduardo Pinheiro Ribeiro, esclarecimentos sobre as denúncias presentes na Notícia de Fato já instaurada pelo MP.

“Falhas de publicidade e na fiscalização das provas, suposto vazamento do gabarito preliminar, utilização irregular de celulares, provas e embalagens sem lacre, suposta corrupção da entidade executora do certame, entre outras”, diz o documento do MP assinado pelo promotor de Justiça Marcos Valentim Pinheiro Paixão.

No dia 07 de junho, o mesmo promotor encaminhou também esclarecimentos para Vivian Vicentini Kuss, diretor de Concursos e Processos Seletivos da CEPERJ. Neste documento, porém, Valentim deu o prazo de 10 dias para a resposta, vencendo nos próximos dois dias.

O elenco de atropelos da realização do certame pode levar o presidente Othelino cancelar o concurso. Essa possibilidade já foi, inclusive, cogitada pelo próprio deputado na sessão desta terça-feira (15) na Alema, como dito anteriormente.

Leave a Reply